Tudo o que precisas de saber sobre água micelar

micellar whater; micelas; cosmetics; champo micelar

Já quase todos os tipos de produtos cosméticos contém propriedades micelares, mas afinal do que se trata, como funcionam e quais os benefícios?

Esta é a parte interessante da história que nenhuma outra blogger vos conta, a tecnologia micelar é simples e é usada há muitos anos, simplesmente nunca tinha sido comunicada como é agora, é tudo uma questão de Marketing, e acreditem que se eu fosse marketeer em vez de blogger tinha feito igual. 
Mas afinal de onde vem o uso de soluções micelares? Dos detergentes! Parece impossível acreditar, mas afinal as soluções micelares não foram inventadas para limpar em profundidade a tua pele, foram inventadas para limpar a bancada da tua cozinha, o chão da sala ou as loiças da casa de banho e estas soluções já são usadas desde o tempo da tua mãe ou da tua avó. Pois é, isto das soluções micelares não tem nada de futurista, é até bastante simples e ainda bem, porque funciona. 
Segundo a lenda, as águas micelares começaram a ser usadas para fins cosméticos em França, porque a água comum das torneiras é muito dura e danificava e secava muito a pele das emblemáticas francesas, mas esta a única parte “fancy” da história.
Grande parte dos detergentes e sabonetes contém tensioativos ou surfactantes, que não são mais do que substâncias que diminuem a tensão superficial, facilitando a remoção de qualquer sujidade, nomeadamente gorduras. Contém moléculas em que uma das metades é solúvel em água (lado hidrofílico) e a outra não (lado hidrofóbico, insolúvel em água mas solúvel em lípidos, gorduras e solventes orgânicos) conhecidas por moléculas anfipáticas, que dão origem às micelas.
Assim, uma água micelar é uma substância que contém moléculas anfipáticas em elevada concentração e que, por isso, dão origem a micelas. As águas micelares, as toalhitas micelares, os shampos micelares, os sabões micelares são soluções carregadas de moléculas anfipáticas que formam micelas, ou seja, cada molécula anfipática vai agarrar as gorduras e os resíduos da pele e agregar-se a outras moléculas, formando uma micela que vai afastar a sujidade da pele sem a danificar. Tal como alguns anúncios ou artigos dizem, funciona como um íman – atrai a sujidade e protege a pele.

micellar whater; micelas; cosmetics; champo micelar
Não há nada de muito complexo neste comportamento molecular e ele é usado em centenas de fórmulas, no caso da cosmética empresta melhor desempenho aos produtos e consegue melhores resultados funcionando juntamente com outros ingredientes benéficos para a pele. As micelas vão continuar a ser amadas por todos nós, por nunca colocarem em causa a integridade da pele visto só atraírem resíduos, deixando a pele limpa em profundidade e purificada, sem desidratar e sem irritar (sinto que são uma espécie de fada madrinha – afastam o que é mau, deixam-nos puras e felizes e protegem-nos de qualquer dano) 
Mas, apesar de serem uma das melhores formas de limpar a pele, os produtos micelares podem absorver não só os resíduos da pele, como também os óleos naturais da mesma. 
O segredo? Não exagerar da limpeza micelar, podes usar estes produtos todos os dias, durante uma vida desde que o saibas fazer; não precisas de lavar o cabelo duas vezes, nem precisas de passar dois ou três discos de limpeza se não tens assim tanta maquilhagem. E atenção, por muito boas que as águas micelares sejam, elas não são perfeitas para tirar maquilhagem resistente à água e bases pesadas. 
Agora que sabes tudo sobre águas micelares já podes somar este tipo de produtos à tua rotina de pele, e partilha comigo a tua experiência ou as tuas dúvidas! 
Seguir:
Share:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.