2020 Goals

lily-justlily-objectivos-lilianamarques-2020goals-goals

Espero ainda vir a tempo de escrever publicamente sobre os meus 2020 goals, afinal de contas nunca é tarde para definir objectivos.

2019 foi um ano de muitas viagens, até aquele tipo de viagens internas, em que navegamos nos lugares mais estranhos do nosso ser e descobrimos novas fronteiras, novos caminhos, desafiamos os limites só para chegarmos a novos desafios. Dito isto, aterrei em 2020 da pior maneira possível – com uma infecção respiratória e com uma mudança profissional. Agora, com muito mais lucidez e já sem tosse, percebo que 2020 será um ano cheio de oportunidades. Ao contrário de 2019, que foi um ano cheio de destinos, 2020 será um ano cheio de pontos de partida e isso agrada-me. Por isso, e apesar de já vir super atrasada, quero muito partilhar convosco os meus 20 objectivos para 2020.

1. Cuidar melhor de mim

Sim, preciso de ganhar plena consciência de tudo o que preciso para estar bem. Desde beber mais água, a passear mais vezes na natureza ou até mesmo apanhar mais sol ou fazer máscaras faciais com mais frequência. A relação que tenho comigo e com o meu corpo deverá estar no topo das prioridades!

2. Ler 20 livros

Dito assim nem parece muito, mas a verdade é que são quase dois livros por mês, e nem todos os livros são de leitura rápida ou fluída, há livros de 789 páginas que eu recuso a levar comigo para a rua sob pena de ficar marreca. Por isso, decidi estabelecer a meta dos 20, sei que a vou cumprir e sei que me vai trazer muita satisfação, sem ter de me sentir pressionada. Prometo partilhar convosco os livros que vou lendo e o que achei sobre eles. Sigam-me no Instagram para não perderem nada.

3. Sentir-me mais satisfeita com o meu conteúdo

Sou daquelas pessoas que sofre de um certo nível de perfeccionismo, nem sempre me sinto satisfeita ou contente com o que faço ou escrevo, mesmo quando sou agraciada com feedback positivo. (Obrigada a todos os que perdem 2 minutos para me enviarem mensagens ou deixarem comentários positivos sobre o meu trabalho!!!) Preciso de aprender a ser mais satisfeita com aquilo que consigo fazer porque, na verdade, dou sempre o meu melhor e isso deve ser o critério mais importante.

4. Fazer voluntariado

Já o fiz, de diversas formas, e sei que preciso de voltar a fazer algo ligado ao voluntariado, mesmo que seja pontual. Desde que seja sentido, desde que seja um acto de empatia.

5. Escrever mais

Este não é novo por aqui. Como blogger e criadora de conteúdos a escrita faz parte do meu dia-a-dia e nem sempre é fácil perceber como é que me posso dedicar mais a ela. Para 2020 decidi que a escrita ficcional tinha de voltar à minha vida, durante algum tempo alimentei intensamente o “Mostly Fiction” aqui no blog e tinha tanto prazer em fazê-lo, não sei porque é que deixei de o colocar nas “to do lists”, mas sei que preciso de voltar a escrever ficção, nem que seja num registo mais privado ou para publicar um dia mais tarde…

6. Construir um “Capsule Wardrobe”

Um “roupeiro cápsula” um nome pomposo para dizer que quero facilitar as minhas manhãs e diminuir o stress na hora de escolher o que vestir. Comecei por me desfazer de várias peças que já não usava, ou porque já não me serviam ou porque já não me identificava com elas, o espaço é reduzido para guardar tralha e a paciência também. Algumas peças doei a instituições, outras coloquei à venda no Micolet. Espreitem, pode ser que se interessem por alguma das peças e é sempre uma forma de poupar o ambiente!! As minhas idas às compras passaram a ser mais simples e focadas, acho que estou a poupar dinheiro com toda esta nova filosofia e, apesar de continuar a ter algumas peças bem diferentes, sinto que escolher o que vestir passou a ser muito mais fácil. É um projecto “on-going” e se quiserem que vos fale mais sobre isto, deixem nos comentários.

7. Conhecer-me melhor

Espelho meu, espelho meu, afinal quem sou eu? Não é que eu não saiba quem sou, ou o que quero ou não quero, mas sei que não sei tudo e é esse o caminho que quero explorar. 2019 fez-me ver muitas coisas novas sobre mim e isso foi a maior lufada de ar fresco que a vida me trouxe. Não estou acabada, não sou um processo terminado, não tenho fim nem fronteiras claramente definidas. Sim, talvez já seja tarde para ser astronauta, mas certamente que ainda vou a tempo de escrever – literalmente – os mais empolgantes capítulos da minha vida e, sobretudo, do meu ser. Desafiei-me a experimentar Reiki e a primeira sessão está para breve, espero que seja um boa forma de atingir este objectivo. Se estiverem curiosos sobre este tema, digam-me e eu farei mais conteúdos sobre ele.

8. Testar novas plataformas, aplicações e métodos de comunicar

Já não deve ser novidade para ninguém, 2020 vai ser um ano cheio de novas aplicações. Do TikTok, ao Peoople, passando por novas formas de editar vídeo e disponibilizá-lo. A comunicação escrita, aqui pelo blog, está a ser mais desafiada que nunca e, embora não queira abdicar dela, quero muito investir em novas aplicações, aproximar-me de novos públicos, melhorar a forma como comunico – fazer mais uso do audio e do vídeo – e melhorar a performance do blog, tornando-o num produto cada vez mais apelativo e onde vocês gostam de navegar. Posto isto, já estou viciada no TikTok, sigam-me por aqui, e também na Peoople.

9. Praticar mais exercício

Desde Maio do ano passado que me comprometi com o Pilates, não podia estar mais satisfeita com essa decisão. É uma actividade que me dá imenso prazer fazer, é relaxante, tonificante e tem feito com que me sinta cada vez melhor com o meu corpo. Não tanto com questões de forma mas, sobretudo, com questões de desempenho. Se calhar até consigo ser super elástica, forte e resistente e não sabia disso. O meu objectivo para 2020 é desafiar-me ainda mais nesta prática e continuar a melhorar a minha condição física.

10. Melhorar as minhas rotinas

Trabalhar de casa é uma “pain in the ass” não se iludam. Acordo relativamente cedo, tomo o pequeno almoço enquanto assisto a um vídeo no YouTube ou a mais um episódio de Friends. E a seguir? A seguir preciso de ir à procura de forças hercúleas para continuar o dia de forma produtiva, porque é muito fácil deixar passar o tempo e acumular as tarefas. Preciso de optimizar as minhas rotinas, ganhar foco e disciplina e garantir que sou produtiva todos os dias, mesmo quando me apetece ficar a ler um livro durante 3h ou fazer binge watch em mais uma série da Netflix. Tem de haver tempo para tudo e prazer no que faço.

11. Planear uma grande viagem

Depois da aventura da África do Sul, a vontade de conhecer o mundo inteiro e de me deixar ir ficou ainda maior. Acreditem, viajar é das melhores coisas que podemos fazer. Claro que visitar mais uma cidade europeia é óptimo e já nos ajuda a alargar os nossos horizontes e voltar com a bagagem cheia de novas experiências, mas não se compara com o impacto que temos ao visitar zonas do mundo completamente diferentes. Quero muito planear uma viagem grande, daquelas em que nos cruzamos com animais selvagens e exóticos, daquelas em que é preciso levar repelente e adaptadores de tomadas, daquelas que garantem que volto diferente. Mais tolerante, sobretudo.

12. Ir a mais festivais

O ano de 2019 foi um ano fraco para o meu gosto, mas 2020 promete muito e a festival season vai estar repleta de bons concertos, artistas que sempre quis ver e uns quantos que quero rever porque sou um bocado groupie. Rock in Rio, Nos Alive, SBSR, Nos Primavera, Paredes de Coura, se fossem Pokémons queria apanhá-los todos!

13. Construir mais audiência no Instagram

Continua a ser a minha rede social de eleição, e continua a ser a que mais uso para partilhar o meu dia-a-dia e relacionar-me com os seguidores. Ainda assim, não tem sido fácil fazer crescer a minha audiência no Instagram, conquistar novos seguidores e chegar a mais pessoas que poderão estar interessadas no meu conteúdo e no que tenho para dizer. O investimento que tenho feito no IGTV tem sido muito interessante e espero que traga mais malta para esta comunidade. Quero manter-me fiel ao que sou, mas conto com todos vocês para fazer com que este grupo incrível de pessoas aumente 🙂

14. Fazer algo fora da minha zona de conforto

Já saltei de parapente, já fiz carreira de tiro, já salvei rinocerontes, já cruzei continentes sozinha… para mim, sair da zona de conforto é algo que me é familiar, quase tão familiar que chega a ser confortável. É como se ficar quieta fosse muito mais fora da minha zona de conforto – e depois disto preciso de um par de estalos e de um copo de água. Para 2020 quero fazer coisas ainda mais fora da minha zona de conforto, coisas que me desafiem ainda mais. Ainda não sei ao certo o que fazer, mas sei que quero a adrenalina de fazer algo que nunca fiz.

17. Conhecer mais pessoas

Sou uma pessoa de pessoas mas o meu núcleo de amigos acaba por ser bastante pequeno. Não quero aumentar drasticamente o meu núcleo duro, mas quero conhecer mais pessoas, conversar mais com pessoas diferentes, alargar a rede de contactos, ouvir histórias, desenvolver empatia e relações.

18. Aprender mais

Sempre fui uma marrona, tenho prazer em estudar, ler, pesquisar, aprender, perguntar… Desde que saí da faculdade, há cerca de seis anos, não voltei a estudar e sinto saudades disso. Não me sinto com vontade de voltar para a escola, mas decidi que em 2020 ia estudar mais sobre os assuntos que mais me interessam, talvez fazer algumas formações ou cursos online. Desafiar-me intelectualmente enquanto uso marcadores coloridos para fazer apontamentos.

19. Poupar mais

Este é um objectivo que exige mais de mim, primeiro porque já sou super poupada e segundp porque Lisboa não está para meninos. O objectivo é aumentar as minhas poupanças e poder comprar uma casa em breve. Para poupar, vou estar cada vez mais atenta aos meus gastos e estabelecer budgets para certas coisas que posso precisar. Por exemplo “100€ para gastar em roupa durante o ano”

20. Ser mais artística

A arte sempre esteve presente na minha vida, veste as parede do meu quarto – e no quarto ao lado há um génio a terminar um álbum que todos vão querer ouvir. O meu pai pintava, o meu irmão é músico, a minha mãe sempre me levou ao teatro, enfim, sempre estive rodeada de arte e sempre a senti a borbulhar dentro de mim. Entre curtas de cinema, a pequenas peças de arte, fotografias, ou ensaios literários temperados a romance contemporâneo, não me consigo suportar sem arte, sem beber dela e sem a produzir. Por isso, vou deixar os meus instintos artísticos fluírem livremente e partilhar convosco os resultados.

Partilham algum destes 20 goals para 2020? Com quais ficaram mais surpreendidos ou sobre quais gostavam de saber mais?

Seguir:
Share:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.


À Procura de Algo?